Competisport no pódio


O Campeonato Open de Ralis prosseguiu este passado de fim-de-semana com o Rallye Oliveira do Hospital, prova ainda pontuável para o Campeonato Regional Ralis Centro e Desafio Modelstand. 

As duas duplas da Competisport, acabaram por ter sortes diferentes neste duro rali em pisos de terra.

Luís Mota e Alexandre Ramos estrearam o Mitsubishi EVO VII neste tipo de piso e o resultado acabou por ser muito produtivo, com a equipa a fazer uma prova notável, apesar de alguns problemas mecânicos não os estarem a permitir ir mais além. 

Durante todo o rali a equipa do Cartaxo debateu-se com o sobreaquecimento do motor, pelo que eram obrigados a rodar com o ALS desligado de forma a evitar problemas ainda maiores, limitando assim bastante todo o potencial do carro. 

Apesar de tudo nunca baixaram os braços e fizeram os possíveis, terminando o rali na terceira posição da geral, segundos entre os concorrentes do Campeonato Regional Ralis Centro. 

Por seu turno, o regressado André Mota teve uma prestação demasiado curta, já que foi obrigado a desistir ainda no decorrer da segunda especial. 

Navegado por Eurico Adão, o piloto do Peugeot 206 Gti entrou bastante bem no rali com um excelente tempo na super especial de sexta-feira, 11º da geral, 3º entre os Peugeot 206 Gti e 4º entre os concorrentes das duas rodas motrizes. 

No sábado entraram mais uma vez com um ritmo muito vivo, mas no decorrer da primeira especial do dia vieram a ser obrigado a desistir com problemas na caixa de velocidades. 

Uma prova muito curta, mas onde o piloto mostrou já estar a 100% e há que contar com ele para as próximas provas.