Julio Maia readquiriu ritmo em Fafe

“Era um carro novo para mim, num tipo de piso que não ando á praticamente 3 anos, portanto o importante era acabar a prova para readquirir ritmo competitivo (...), numa prova que nunca tinha feito e que apesar do resultado menos positivo, foi fantástico percorrer as míticas classificativas de Fafe, com uma moldura humana fantástica”.
RallyMania com A.I.