208 Rally Cup: Diogo Gago estreia-se com sexto posto

Diogo Gago e Jorge Carvalho estrearam-se este fim de semana na competitiva 208 Rally Cup, troféu da Peugeot Sport com provas em França e Bélgica, vindo a conquistar o sexto posto final, segundo melhor na categoria sub-23 e ainda o melhor lugar entre os rookies do Rally Terre des Causses. 


Na sua prova de estreia na 208 Rally Cup, a dupla portuguesa deu muito boa conta de si, em particular porque teve que lidar com algumas novidades importantes, como o desconhecimento do Peugeot 208 R2, que tiveram oportunidade de conhecer ao fim da tarde desta sexta-feira, assim como o facto de em termos regulamentares só ser permitida uma passagem pelos troços nos reconhecimentos. 

Demonstrando um ritmo muito consistente, a dupla portuguesa rodou sempre dentro dos sete primeiros, acabando mesmo por conseguir o segundo melhor tempo na última especial de sábado. Ao longo da segunda etapa, Diogo Gago e Jorge Carvalho estiveram sempre entre os mais rápidos, vindo a terminar a prova no sexto posto final. 

“O resultado final nesta primeira internacionalização foi excelente, visto ser um troféu com muitos e bons pilotos, com mais conhecimento dos troços e do carro e alguns deles com bastantes mais anos de experiência. Não deixou de ser uma surpresa para todos chegar a esta primeira prova e conseguir rodar no ritmo dos pilotos da frente da 208 Rally Cup”, começou por referir Diogo Gago, que chegou mesmo a realizar um segundo tempo numa especial. 

O jovem piloto algarvio apoiado pela QF-Lda, Axa Seguros e Automóvel Clube de Portugal referiu que “a prova correu bem, tirando dois cruzamentos em falhámos, um no primeiro dia e outro na segunda etapa. Foi uma experiência fantástica e sinto que evoluí como piloto. As novidades que encontrámos na 208 Rally Cup mostram que esta é uma excelente aposta para a minha carreira”. 

Para finalizar, o jovem piloto algarvio não deixou de agradecer “o excelente trabalho da equipa Pit Stop France (que conta com dois mecânicos portugueses, o Toni e o Francisco), que me entregou um carro fantástico nestes dois dias de competição. Para além da estrutura técnica, tenho também que agradecer e ressaltar o excelente trabalho do meu navegador, o Jorge Carvalho, que mesmo com apenas uma passagem de reconhecimentos, fez um trabalho fantástico e que vem confirmar que um bom navegador faz a diferença no resultado final. Claro que não posso esquecer todos aqueles que nestes dias nos tem enviado uma grande força desde Portugal, assim como o meu Pai, que uma vez esteve comigo e que tem sido o grande mentor da minha carreira”.

Rally Mania com A.I.
Foto: GREGORY LENORMAND / DPPI